sábado, 29 de junho de 2013

Huberto Rohden, o homem Univérsico


"Teve Huberto Rohden uma vida singular, como também um pensamento singular."

Com mais de 65 obras publicadas nas áreas de ciência, filosofia e religião, fundador da Instituição Cultural e Beneficente Alvorada, Huberto Rohden foi um dos mais importantes pensadores espiritualistas do país, o criador da Filosofia Univérsica que ainda não é tão conhecido entre nós quanto deveria, nasceu em São Ludgero, Santa Catarina, Brasil, em 1893. Formou-se em Ciências, Filosofia e Teologia em universidades da Europa.

Foi Bolsista na Universidade de Princeton, Nova Jersey, onde por 14 meses teve a oportunidade de conviver com o físico Albert Einstein. E o resultado sinérgico dessa interação foi uma visão filosófica e humanística do mundo, os alicerces para o que ele chamaria de Filosofia Univérsica.

Seu modo de pensar era universalizante e vertido para o futuro; em função a isto selecionou pensadores históricos e desenvolveu o estudo comparado das religiões. Como ele mesmo dizia, a Filosofia Univérsica não é totalmente nova, sob outros rótulos ela estava de forma velada nas elucubrações de todos os grandes pensadores da história da humanidade, como por exemplo: Hermes Trimegisto, Sócrates, Platão, Plotino, Giordano Bruno, Spinosa, entre muitos que tiveram a visão da unidade nas diversidades, o chamado Monismo Cósmico.


Em 1946, foi convidado pela American University, de Washington, D.C., para reger as cátedras de Filosofia Universal e de Religiões Comparadas e ali fundou o Brazilian Center com a finalidade de manter intercâmbio cultural entre o Brasil e os Estados Unidos. Foi também em Washington que Rohden frequentou, o Golden Lotus Temple, onde foi iniciado em Kriya-yoga por Swami Premananda.

Seguiria dos Estados Unidos ao Japão, caso não ocorresse a guerra da Coréia, pois fora convidado para fazer parte do corpo docente de uma nova Universidade, a International Christian University (ICU), de Metaka, onde regeria as cátedras de Filosofia Universal e Religiões Comparadas.

Rohden não era filiado a nenhuma igreja, seita ou partido político. Fundou no Brasil e em Portugal a Instituição Cultural e Beneficente Alvorada, onde mantinha cursos permanentes sobre Filosofia Univérsica e Filosofia do Evangelho. Empreendeu viagens de estudo e experiência espiritual pela Palestina, Egito, Índia e Nepal, realizando diversas conferências sobre autoconhecimento e auto-realização.

Revisou muitos de seus livros, reformulando‑os e colocando‑os de acordo com o desenvolvimento final de seu pensamento. Apesar de erudito, apreciava escrever para o grande público, mais do que para aqueles que conhecem a linguagem técnica da teologia e filosofia. Esta preferência poderá ter‑se acentuado por causa do aproveitamento a que foi inicialmente sujeito.

"Eu vim para servir à Humanidade" foram suas últimas palavras, aos 87 anos, quando Huberto Rohden partiu deste mundo, permanecendo seu espírito nas obras que escreveu.

Referências:
Huberto Rohden, Catecismo da Filosofia.
Evaldo Pauli, Um Filósofo da Religião.
Fonte: www.sinfoniacosmica.com