quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O Desespero Humano (por Soren Kierkegaard)

Soren Aabye Kierkegaard ( *5/5/1813 —  +11/11/1855 - filósofo e teólogo dinamarquês)     

“Assim como talvez não haja, dizem os médicos, ninguém completamente são, também se poderia dizer, conhecendo bem o homem, que nem um só existe que esteja isento de desespero, que não tenha lá no fundo uma inquietação, uma perturbação, uma desarmonia, um receio de não se sabe o quê de desconhecido ou que ele nem ousa conhecer, receio duma eventualidade exterior ou receio de si próprio; tal como os médicos dizem de uma doença, o homem traz em estado latente uma enfermidade, da qual, num relâmpago, raramente um medo inexplicável lhe revela a presença interna.” (Trecho extraído da obra "O Desespero Humano")