terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Útimo adeus a Zygmunt Bauman│1925-2017

Faleceu na segunda-feira (09/01/2017) o filósofo e sociólogo polonês Zygmunt Bauman, responsável pelo desenvolvimento do conceito de 'modernidade líquida'. Em suas obras o sociólogo trabalhou a noção de que nossa época, em quase todos os campos, estaria envolta em relações fluidas e efêmeras, instáveis, daí a ideia de 'liquidez' subjacente a elas. Atualmente, Bauman lecionava na Universidade de Leeds, na Inglaterra, para onde se transferiu desde 1971. No Brasil, suas obras mais conhecidas são "Modernidade líquida", "Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos", "Vida líquida" e "Tempos líquidos", "O mal-estar da pós-modernidade" e "Vidas desperdiçadas".